Sunday, October 30, 2016

CD: F.E.A.R. (Fuck Everyone And Run) - Marillion

Nota: 8 / 10

E mais uma vez o Marillion chega com um novo álbum, através de sua ideia do crowdfunding, ideia que faz com que a banda receba dinheiro dos próprios fãs e o usa para gravar o disco. Uma ideia que havia começado lá atrás, quando o Marillion estava procurando uma forma de se libertar da frustração de estarem atrelados a gravadoras e terem suas obras mexidas por alguma razão. Enfim, o novo álbum mantém a veia hogarthiana do grupo e segue, dessa vez com um tantinho de controvérsia, que já começa no próprio título da obra.

Monday, October 24, 2016

NO CINEMA: The Accountant (O Contador)

Nota: 8 / 10

Ok pessoal, rapidamente fazendo algumas considerações sobre o filme que fui ver hoje, estrelando Ben Affleck, antigo motivo de preocupação entre os fãs da DC, e hoje, bem, nem tanto assim.

Ben Affleck nunca foi um ator muito prodigioso para mim. Sempre o considerei, no máximo, serviçável, faz o trabalho bem quando o roteiro é bom, e só. Verdade seja dita, o cara vem melhorando nos últimos anos, pegando filmes melhores também, papéis mais marcantes.

Aqui, em The Accountant, novo filme de Gavin O'Connor, diretor do ótimo Warrior (Guerreiro), estrelando Tom Hardy, Ben mostra que ainda atua com a mesma cara de sempre, mas já tenta mostrar algum serviço extra. O filme é bom, interessante, mas meio frustrante em seu fecho.

Friday, October 14, 2016

FILME: Teenage Mutant Ninja Turtles: Out Of The Shadows (As Tartarugas Ninja: Fora das Sombras)

Nota: 4,5 / 10

Eu costumava ser fã das Tartarugas Ninja quando era moleque. Assistia o desenho na TV, não perdia um episódio sequer. Os filmes em live action antigos não eram nenhumas obras-primas, ou coisa parecida - os dois primeiros, pelo menos, o terceiro é desgraçadamente ruim - mas eu gostava de ver.

Só que aí teve esse reboot produzido pelo Michael Besta, que conseguiu destruir os Transformers, e eu não me interessei; inclusive ainda nem assisti o primeiro filme desse reboot, e nem tenho interesse; vi esse segundo de agora, em casa mesmo, só pra ver o tamanho do estrago.

Então vamos lá, vamos ver o que posso falar sobre esse filme que outros já não falaram.

FILME: Batman: Return Of The Caped Crusaders (Batman: O Retorno da Dupla Dinâmica)

Nota: 8 / 10

Aiai... santa viagem nostálgica, Batman! Ok, meus caros leitores, novos e antigos, muitos de vocês talvez saibam que eu não curto essa versão do Batman do Adam West. Eu já falei aqui no blog que não curto, e expliquei os motivos pessoais meus no artigo que fiz ano passado, sobre a série de TV sessentista.

Mas, como um fã dedicado que sou do personagem, eu tenho o impulso óbvio de acompanhar praticamente tudo aquilo que sai sobre ele, ou, pelo menos, tudo o que eu consigo acompanhar. E, como fã, vocês talvez esperem que eu dê minha posição sobre esta nova animação, creio eu.

Pois bem; a animação é boa; para o fã da série dos anos 60 (o que não é meu caso), é um filme essencial e obrigatório.

Monday, October 10, 2016

NO CINEMA: The Magnificent Seven (Sete Homens e Um Destino)

Nota: 9 / 10

Um dia, indo ao cinema, eu vi o pôster desta nova refilmagem. A minha pronta resposta mental foi: "essa não! Hollywood vai refilmar Os Sete Samurais de novo?" Então, eu disse a mim mesmo que não estava interessado em assistir. Como vocês já devem ter reparado, pelo menos quem acessa o blog faz tempo, eu não sou fã de refilmagens, procuro ignorá-las sempre que possível. A única refilmagem que tenho registrada aqui é esta, e só havia visto este filme do link porque não sabia que se tratava de uma refilmagem, não reparei na hora. Nada de novo, é uma porcaria.

Então decidi que não veria Os Sete Samurais genérico outra vez. Aí veio a fome... a tentação... Denzel Washington... Ethan Hawke... Chris Pratt... o diretor de Training Day!... DENZEL FUCKIN' WASHINGTON!! Droga, Hollywood! Droga!! Fisgado como uma sardinha! Fui assistir. Sorte a minha!

Thursday, October 6, 2016

CD: Rattle That Lock - David Gilmour

Nota: 10 / 10

O guitarrista David Gilmour retornou em Setembro do ano passado, com um novo álbum. Nem o fim do Floyd impediu que Gilmour e Waters continuassem suas bem-sucedidas carreiras solo. Sorte nossa. Durante este tempo, ainda não tive como falar sobre esta nova obra-prima de 2015. A carreira solo de Gilmour, apesar de bastante curta e espaçada, conta com ótimos discos. Sempre achei que Gilmour tinha uma aura musical que se destacava de qualquer outro membro do Floyd, o mesmo se aplica ao trabalho de Waters. Mas as influências mais jazzísticas do guitarrista sempre chamaram mais minha atenção.

Monday, October 3, 2016

CD: Clearview - Poets of the Fall

Nota: 8 / 10

Quando eu coloco um novo álbum dos finlandeses do Poets Of The Fall para tocar, sempre faço isso com muito entusiasmo, porque sei que, de uma forma ou de outra, eu serei brindado com boa música. Com Clearview, novo disco da banda, lançado agora, dia 30 de Setembro, não é diferente. Porém, alguns discos te conquistam de um jeito, outros, de outro. Clearview não se mostrou forte o bastante para figurar entre os meus grandes favoritos da banda, mas conquista pela simplicidade empregada e pela veia pop do grupo que é sempre um elemento muito agradável.