Friday, October 5, 2007

CD: ...And Then There Were Three... - Genesis

Podemos chamar essa obra de uma obra de transição. O ano é 1978, e este é o disco que demonstra que o Genesis estava não só tentando se reinventar após ficar com três integrantes, mas também libertando-se de certas amarras pessoais. Estava escutando recentemente este disco e não pude parar de pensar que após essa fase transitiva haveria muitos outros momentos marcantes na carreira destes três competentes e excelentes músicos. É só ouvir We Can't Dance ou o maravilhoso Duke para comprovar. 

Monday, April 2, 2007

CD: Engines of Creation - Joe Satriani

Podemos chamar esse de o disco mais incompreendido de Joe Satriani. Vendo que o amigo e mentor Jeff Beck estava se enveredando para as sonoridades mais modernas, Mr. Satch também quis entrar na dança. E a partir daí desencadeou-se uma maré de críticas em relação ao rumo que Joe Satriani estava tomando.

Wednesday, March 21, 2007

CD: On a Day Like Today - Bryan Adams

Bryan Adams é daqueles artistas que não conseguem fazer um disco ruim, mesmo que se esforce. Seu pop rock contagiante é um bálsamo contra a caretice e o marasmo musical de pseudo-artistas, e mesmo suas baladas são e muito bem vindas. De seus discos da década de 90, On a Day Like Today de 1998 é um mais do que recomendado para se conhecer este carismático artista. É daqueles discos gostosos de escutar, que ficam por meses a fio no toca CD, e podem tocar sem cansar.

Tuesday, March 20, 2007

CD: Satriani Live! - Joe Satriani

Joe Satriani é mesmo uma figura tarimbada no rock instrumental. Autor das músicas instrumentais mais legais dos últimos tempos, o careca sabe o que deve ser feito com uma guitarra em uma mão habilidosa. Muitos se preocupam em tocar rapidinho, mas Joe tem coisas que muita gente esquece ao compor: criatividade e paixão. Joe sabe como prender sua atenção. Não é "aquele babaca que faz música de exercício pra guitarrista". O cara tem musicalidade saindo pelos poros, e sabe como empunhar o instrumento para tirar bons riffs e solos marcantes em uma música, praticamente fazendo você cantar o solo junto. Joe é um artista facilmente colecionável, e sua presença é cool sem soar forçado ou cair no ridículo.

Tuesday, February 27, 2007

CD: Somewhere Else - Marillion

E aqui está mais um disco tradicional do Marillion para sua coleção. Aqui o Marillion retoma a proposta musical de discos como Afraid of Sunlight, Radiation e Marillion.com. Marbles deve realmente ter esgotado os rapazes, pois Somewhere Else é um retorno ao básico de seu som. Bem básico mesmo. Neste álbum, a banda deixa claro que Marbles foi o fechamento de um ciclo.

Wednesday, February 7, 2007

CD: Crash! Boom! Bang! - Roxette


Fiquei pensando por bastante tempo se deveria ou não resenhar algo de um de meus artistas favoritos do pop rock. Então pensei, por que não? Se existe uma lista de discos da década de 90 que merecem ser conferidos, Crash! Boom! Bang! com certeza se encontra entre eles. Portanto, se você, que está lendo isso, está começando a criar alguma espécie de preconceito, ou a pensar 'naquela dupla que cantava "Spending my Time" ou "Milk and Toast and Honey"', por favor, guarde seu preconceito agora mesmo, pelo menos enquanto lê isso.