Friday, October 20, 2017

NO CINEMA: Blade Runner 2049 (Blade Runner 2049)

Nota: 10 / 10

Fui ao cinema sem esperar absolutamente coisa alguma! Precisava ver este filme de qualquer jeito, pois se tratava da sequência de um grande clássico da ficção-científica. Saí da exibição simplesmente atônito! Que sequência maravilhosa! Bate de frente com o filme original, para dizer o mínimo! 

Blade Runner 2049 não somente é uma continuação à altura do filme original, como também pega algumas ideias recentemente trabalhadas em algumas produções e expande tudo isso! O novo elenco, junto de Harrison Ford e algumas poucas participações antigas, merge perfeitamente; além disso, é uma história que pode ser vista de forma independente. Muito embora eu recomende com força que você veja o original, não precisa assisti-lo para entender e curtir esta sequência.

Sunday, October 15, 2017

FILME: Blade Runner (Blade Runner: O Caçador de Andróides)

Nota: 10 / 10

Me preparando semana que vem para retornar ao mundo de Blade Runner, resolvi revisitar mais uma vez a obra cult de Ridley Scott. Blade Runner é uma daquelas obras redefinidoras de um gênero inteiro, neste caso, o de ficção-científica. Fiquei me lembrando de anos atrás, com a minha primeira exposição ao filme de sci-fi cyberpunk; eu nem sequer fazia ideia do que era "cyberpunk".

Minha primeira reação ao filme foi a esperada: "que diabo foi isso?" Eu havia acabado de assistir a primeira vez na vida a obra e fiquei altamente confuso. Era muita informação para processar naquele curto espaço de tempo. Não tão complexo quanto 2001: A Space Odyssey, obviamente, mas mesmo assim, me causou uma impressão de que eu teria que reassistir em algum ponto, sinal de que o filme tinha muito a me falar ainda.

Thursday, October 12, 2017

ESPECIAL: DCEU - Origens Secretas: Liga da Justiça

O filme da Liga está quase chegando, falta apenas um mês. Tendo isso em vista, terminaremos este ano com o perfil da equipe de heróis mais famosa do mundo, a Liga da Justiça, que nada mais é do que a junção dos heróis da DC para combater uma ameaça em comum. Em Batman V Superman, já nos foi mostrado quais heróis estarão na formação da Liga deste filme. Claro, isso não impede que haja outros no futuro, afinal, a Liga já teve várias formações durante todos estes anos. Esta daqui segue, mais ou menos, os Novos 52, a continuidade atual da DC, portanto, vamos vê-la de perto.

Friday, October 6, 2017

NO CINEMA: Kingsman: The Golden Circle (Kingsman: O Círculo Dourado)

Nota: 7,5 / 10

A sequência de Kingsman: The Secret Service, filme baseado nos quadrinhos de Mark Millar e Dave Gibbons, é boa, e só. Sim, é boa. Mas trata-se de uma repetição, por vezes cansativa, de clichês. Tem momentos de tirar o fôlego sim, sem dúvida, mas muitas vezes você se pega meio que dizendo sério? Precisava de uma sequência para fazerem isso? Ok...

Para piorar, eles se usam de uma artimanha que me faz lembrar um case de não muita aceitação. Vou dizer já já, qual é, mas digamos que tem a ver com outros caras que vestem ternos. Ah, tenham em vista também, que eu ainda não li as HQs em que o filme se baseia, mas o universo em si me cativou bastante. Só achei que eles poderiam ter trabalhado melhor vários aspectos do filme para fazer valer aqueles que te tiram o fôlego.

Monday, September 25, 2017

CD: Antídoto - Alkaisers

Nota: 10 / 10

Desde há muito tempo, eu vinha procurando bandas de Rock brasileiras novas e que realmente estivessem comprometidas com a tradição de se fazer o bom e velho rock'n'roll. Sentia falta de ouvir um grupo que fizesse um som marcante, e que não fosse engessado com os padrões que a mídia espera. Infelizmente o bom Rock acabou no Brasil, não existiam mais bandas com letras em português que fossem capaz de sair da casca; ou pelo menos era isso que eu pensava. Então me aparece o Alkaisers, e muda o jogo. Antídoto, seu álbum de estreia, prova que o Brasil ainda pode gerar trabalhos interessantes e muito marcantes. E com a atitude contestadora que o Rock deve ter.

Friday, September 22, 2017

NO CINEMA: It: Chapter One (It: A Coisa)

Nota: 8,5 / 10

Tem gente que acredita que palhaços não são engraçados coisa nenhuma; são sim, criaturas assustadoras. Stephen King, por exemplo, é uma dessas pessoas. Seu livro It, de 1986, gerou uma adaptação na forma de minissérie estrelando o inigualável Tim Curry no papel de Pennywise. Eu sempre achei essa versão meio galhofa, mas ela dá uns sustinhos aqui e alí, inclusive gosto do estilo abobalhado que o Curry imprime no palhaço, e que aterroriza as suas vítimas.

Pois bem, hoje eu fui ver a nova versão. Não é bem um remake, muito menos uma sequência, mas uma nova adaptação do livro de King. O resultado? É bem superior à minissérie de 1990! Ainda assim, tem um probleminha aqui ou ali, mas no geral, eu gostei.

REFLEXÃO: As desventuras do Rock no mundo atual: meio é melhor que nada

Vamos lá. Metade do The Who e metade do Queen com Adam Lambert. Primeiro: me alarma muito que esse pessoal pagante esteja pagando ingresso para ver metade do que essas bandas foram um dia. Sério, me alarma mesmo.